Mel Hoffmann

Consultoria em Comunicação Personalizada
Para almoçar junto à natureza e admirando a Lagoa da Conceição

No domingo de Dia das Mães (aquele domingo lindo, ensolarado, sem vento aqui em Floripa, lembram?) pois bem, naquele domingo lindo reservamos uma mesa no Dolce Vita Restaurante, que fica no Canto da Lagoa. Como ligamos uns dois antes para reserva, só havia uma mesa para um horário, às 11h30min. Chegamos no horário mas sem muita fome, então ficamos admirando um pouco o espaço, que tem um mix de rusticidade e aconchego junto à natureza (antigamente funcionava ali uma galeteria).

O cardápio, desenvolvido pelo chefe Ricardo Caldas, é enxuto, mas com opções de massas, frutos do mar e carnes. Eu pedi um fusili com molho de tomate, mussarela de búfala e crosta de batata doce. Estava uma delícia, a massa caseira estava bem temperada e foi bem servida. Os pratos são individuais. O Marcelo foi de massa também, mas de frutos do mar, quer dizer, tinha camarão e polvo. Também estava saborosa.

Nosso único porém foi a pressa para fazer o pedido. A próxima reserva para a nossa mesa era às 13h30min. Tínhamos duas horas, portanto. Mas assim que chegamos, mal olhamos o cardápio e o maitre veio nos avisar que precisávamos fazer o pedido logo porque a cozinha precisava de um fluxo para os pedidos. Detalhe: só havia uma mesa ocupada, além da nossa. Enfim, com isso perdemos um pouco a vontade de pedir vinho, sobremesa etc. Saímos do restaurante uma hora depois. O preço também é salgadinho, como a maioria dos restaurantes aqui em Floripa, mas valeu a pena pela refeição. Fiquei com vontade de voltar outras vezes com mais calma para apreciar o lugar e a comida.

 

Confira galeria de fotos:

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.