Mel Hoffmann

Consultoria em Comunicação Personalizada
Transborda: expo de Juliana Stringhini em cartaz no Instituto Juarez Machado

Uma exposição de arte contemporânea, crua e sensível. Em cartaz desde o dia 11 de novembro, no Instituto Juarez Machado, em Joinville, a fotógrafa Juliana Stringhini Ruchita apresenta Transborda, uma exposição inédita e interativa composta por uma série de retratos de pessoas encontradas nas ruas, nos mercados e nas praças da America Latina, e registradas em um instante de transbordamento emocional.

Sem muito protocolo, a artista utiliza sua câmera envolvida em pano preto como os antigos lambe-lambes e propõe um mergulho do fotografado em suas emoções mais verdadeiras. A sinergia orgânica das palavras, num momento íntimo e sem direcionamento predefinido, funciona como uma espécie de chave que abre e revela uma emoção. Juliana se confronta com suas próprias indagações e o desejo de se conectar com o outro, mesmo que por alguns instantes.

“Quando a pessoa transborda, ela se revela, tira o véu, baixa as defesas. E esse momento de transbordamento emocional é como um alívio e uma permissão para vislumbrar a si mesmo”, conta juliana

Em um mundo de tantos filtros, tantas máscaras e contenções sociais, a exposição tem a intenção de sensibilizar o expectador para o que ainda toca o ser humano. Em mais de um ano de interações e mais de 400 fotografados nem sempre houve um transbordamento. Não é fácil se deixar transbordar. Coletando fragmentos de vidas, Juliana abre espaço para fazer uma topografia de quem nós somos, quando algo nos traz a tona, mesmo que por um vislumbre. Um instante em que se perde o controle. Em que uma palavra ou uma lembrança tocam fundo, e fazem a vida passar pela borda.

A fotógrafa

Graduada no International Fine Arts College, de Miami, nos EUA, Juliana é uma profissional que já trabalhou com produção musical, dança, moda e fotografia. Nos últimos anos, busca extrapolar os limites do suporte fotográfico, promovendo um mergulho em todas as frentes de seu repertório pessoal, numa pesquisa mais avançada como artista multimídia. Faz parte de seu aprimoramento de conceitos, o mentoring com o curador e artista canadense Scott MacLeay, além de imersões, oficinas e visitas às principais exposições de arte do mundo com o pensador Charles Watson. Sua pesquisa, como artista contemporânea, após dois anos de trabalho, resulta agora na exposição Transborda.

Serviço:

Exposição: Transborda
Local: Instituto Internacional Juarez Machado – Joinville
Data: até 8 de fevereiro de 2018
Horários: Terça a sábado, das 10h às 19h, e domingos, das 15h às 19h. A bilheteria fecha às 18h30min.
Entrada: R$ 8 e R$ 4 (meia entrada). Entrada gratuita para quem for visitar o Instituto de bicicleta e para grupos pré-agendados.
www.julianastringhini.com.br

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.