Mel Hoffmann

Consultoria em Comunicação Personalizada
Maneira charmosa de consumir e conhecer o vinho catarinense

O bacana de ter um espaço como esse é poder divulgar e compartilhar projetos e ideias de mulheres inspiradoras que se reinventaram e estão fazendo sua própria história, com coragem e cheias de propósito. A Cibele Godoy é jornalista e apreciadora de um bom vinho catarinense (e minha fornecedora oficial). Ela juntou as duas habilidades e montou a Terroir Catarina, uma wine bike criada para divulgar e democratizar o consumo do vinho produzido em Santa Catarina. A bike circula nos pontos turísticos de Floripa, eventos fechados e também revende algumas marcas com entrega personalizada e carta de vinhos para jantares sob encomenda.

– Queria encontrar os vinhos catarinenses com mais facilidade e raramente conseguia, sabia da qualidade deles e tenho como hábito consumir produtos locais, para valorizar o produtor. Sabendo que o vinho é uma bebida considerada requintada ou cara, achei que a venda em taças e em lugares que reuniam pessoas de todos os estilos, podia enfim democratizar e trazer o vinho pra mais perto das pessoas – conta a jornalista.

Cibele faz a curadoria dos vinhos e escolhe a carta da semana, sempre variando rótulos de espumantes, vinhos brancos, roses e tintos. Um dos lugares preferidos da bike é a beira da praia de Santo Antônio de Lisboa, um dos cartões postais da Ilha em que os clientes brindam o por do sol bebendo um espumante.

– Percebo que o acesso ao vinho catarinense ainda é dificultado pelo preço e pelo posicionamento. Arrisco a dizer que pela cultura de “o que é importado é melhor”, ou pelo receio de pagar caro por algo que ainda não conhece. E essa ideia de buscar uma variedade de rótulos direto das vinícolas e levar até as pessoas não só democratiza o consumo como rompe a barreira de que vinho bom e local é caro e para poucos. As pessoas até já provaram ou sabem sobre o que fazemos aqui, mas ainda não encontram nos lugares onde frequentam. Não sei se é possível às vinícolas produzirem em grande escala e manter a qualidade, mas o que fazemos aqui no Estado precisa ser visto e apreciado pelas pessoas. Elas precisam saber que temos ótimos vinhos e que a relação custo-benefício pode ser excelente. Claro que essa questão é com os produtores, meu trabalho é dizer a eles: o vinho catarinense que vocês fazem é ótimo, vamos levar eles até as pessoas que vivem aqui? – comenta Cibele.

Outro ponto que chama a atenção de quem passa por onde a wine bike está são as flores, escolhidas especialmente para compor a cena e garantir o charme da bicicleta quem ar retro.

A jornalista Cibele Garrido em sua wine bike

Para informações sobre o itinerário da Wine Bike, basta curtir a página do Terroi Catarina no Facebook e seguir no instragram, onde Cibele avisa os locais e anuncia novidades.

FB: facebook.com/terroircatarina/
Instagram: @terroircatarina
Contato: terroircatarinavinhos@gmail.com

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.